Topo

Tecnologia

Telefonia


Em recuperação judicial, Oi amplia fibra ótica e traz aparelho para Netflix

Divulgação/Imagem ilustrativa
Rede de fibra ótica da Oi cobrirá 60 cidades Imagem: Divulgação/Imagem ilustrativa

Circe Bonatelli

Do Estadão Conteúdo, em São Paulo

2019-06-05T12:19:00

2019-06-07T18:16:13

05/06/2019 12h19Atualizada em 07/06/2019 18h16

A Oi, em recuperação judicial, anunciou nesta terça-feira (4) que a sua rede de fibra ótica vai cobrir um total de 60 cidades até o fim do primeiro semestre, o que representa uma expansão em comparação com as 38 no fim do primeiro trimestre deste ano e as 27 do final do ano passado. O anúncio foi feito pelo diretor Comercial da Oi, Bernardo Kos Winik, durante apresentação à imprensa do novo portfólio de produtos da operadora.

Winik disse também que o total de residências onde a infraestrutura das redes de fibra ótica já está disponível (chamadas pelo jargão de 'casas passadas' ) poderá superar 3,6 milhões até o fim do ano, frente a 1,7 milhão no fim do primeiro trimestre.

"Temos a meta de chegar a 3,6 milhões, mas temos a chance de fazer mais do que isso. Estamos fazendo um planejamento com as equipes de engenharia para ultrapassar o total de 3,6 milhões de casas passadas até o fim do ano", antecipou o executivo. Em maio, 200 mil casas foram conectadas.

O investimento em fibra ótica por meio da tecnologia FTTH, com fibra até os pontos de acesso nas residências, têm sido o foco da indústria de telecomunicações no Brasil, inclusive da Oi.

A companhia prevê investimentos de R$ 7 bilhões neste ano, com foco na expansão das redes de fibra, além das conexões em 4G.

Winik comentou também que a participação da Oi no ganho líquido de clientes (net adds) no segmento de telefonia móvel pós-pago vem melhorando sequencialmente.

A companhia abocanhou 30% dos clientes do mercado que entraram no segmento de planos pós-pagos no primeiro trimestre, porcentual que cresceu nos meses seguintes. "Em abril, o resultado de net adds foi melhor do que no primeiro trimestre, e maio foi melhor do que abril", comentou.

Novo portfólio

A Oi lançou nesta terça-feira algumas novidades em seu portfólio de produtos digitais. Uma delas é a funcionalidade "Pra Trocar", que permite a usuário do Oi Play - serviço de streaming de vídeo da companhia - selecionar quais séries e filmes estarão disponíveis em sua 'prateleira'.

Outro lançamento foi o Streaming Box, equipamento que conecta uma televisão convencional à internet, permitindo ao usuário rodar Oi Play, Netflix e Youtube, por exemplo, na tela grande.

Segundo a Oi, ela é a primeira operadora da América do Sul e oferecer esse tipo de equipamento, que estará disponível no mercado a partir de julho.

Como a treta China x EUA pode afetar sua banda larga.

Guerra da internet móvel