UOL Notícias Notícias
 

16/11/2005 - 22h59

Remédio emagrece duas vezes mais rápido com dieta e exercícios

WASHINGTON, 16 nov (AFP) - Combinar os remédios emagrecedores com uma mudança no regime alimentar e uma rotina de exercícios permite perder duas vezes mais peso, de acordo com estudo publicado nesta quarta-feira, na edição de 17 de novembro do "New England Journal of Medicine", nos EUA.

"Os medicamentos ajudam a emagrecer da mesma maneira que um regime alimentar e o exercício físico, mas uma combinação dos três permite perder duas vezes mais peso", explicou o Dr.Thomas Wadden, diretor do Instituto Nacional do Diabetes e do Aparelho Digestivo, na Pensilvânia, e principal autor das pesquisas.

O estudo foi realizado durante um ano com 224 pessoas, sendo 180 mulheres e 44 homens, todos com excesso de peso significativo (média de 106 quilos) e idade média de 44 anos.

Os voluntários foram divididos em quatro grupos.

O primeiro tomou de 10 a 15 mg diárias de Meridiatm (sibutramina), um emagrecedor produzido pelos laboratórios Abbott que controla a fome e dá sensação de saciedade.

No segundo grupo, os participantes não tomaram a substância, mas participaram de 30 reuniões de 90 minutos em um ano, durante as quais receberam conselhos sobre dieta e exercícios. Eles tiveram de anotar a comida ingerida e o tempo de atividade física praticada todos os dias.

Já o terceiro recebeu uma combinação das técnicas seguidas pelos dois primeiros - a mesma dose diária de sibutramina associada ao regime e a um programa de exercícios constante.

O último grupo foi tratado com as mesmas doses do medicamento e modificações limitadas em seu estilo de vida.

Ao final de um ano, os participantes do terceiro grupo (sibutramina, exercícios e regime) perderam em média 12,6 quilos, contra a queda média de 5 quilos registrada no grupo que tomou apenas o remédio.

O segundo grupo (regime e exercícios) perdeu em média 6,7 quilos, contra a queda de peso de 7,5 verificada no quarto (sibutramina e leves mudanças no modo de vida).

"Os resultados mostram que os medicamentos devem ser prescritos apenas como complemento de um programa envolvendo mudança de hábitos, um regime alimentar mais saudável e exercícios físicos, como recomenda o Instituto Nacional de Saúde (NIH)", conclui o Dr. Wadden.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h29

    -0,25
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h39

    -0,12
    75.895,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host