UOL Notícias Notícias
 

30/11/2005 - 20h57

Descobertos vestígios de escorpião pré-histórico gigante

PARIS, 30 nov (AFP) - Um geólogo descobriu os restos fósseis de um escorpião anfíbio maior do que um homem, na Escócia (norte da Grã-Bretanha), revela a revista britânica "Nature" nesta quinta-feira.

Estes vestígios, segundo o estudo realizado por Martin Whyte, da Universidade britânica de Sheffield, pertencem a um hibbertopterus, um animal de 1,6 metro de comprimento e um metro de largura, com seis patas e que viveu há 330 milhões de anos.

Esta espécie desaparecida, que podia sobreviver fora d'água, viveu na mesma época que nossos antepassados terrestres, quando estes se deslocavam ainda a quatro patas e davam seus primeiros passos fora do ambiente aquático.

O resto encontrado mostra que a enorme criatura se deslocava, sem dúvida, muito lentamente, arrastando-se, graças às patas situadas na parte anterior do corpo e dando passadas de 27 centímetros. O escorpião também arrastava uma longa cauda.

O material pode ser a maior descoberta de um artrópodo (crustáceos, insetos e aranhas), segundo o autor do artigo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host