UOL Notícias Notícias
 

01/12/2005 - 18h19

Tradicional obelisco de Buenos Aires é coberto com preservativo gigante

=(FOTOS)= BUENOS AIRES, 1 dez (AFP) - O tradicional obelisco localizado no centro da capital argentina amanheceu coberto com um preservativo gigante cor-de-rosa, símbolo da "melhor proteção contra o HIV" nesta quinta-feira, Dia Internacional de Combate à Aids.

A iniciativa do governo da capital argentina em conjunto com a rádio local buscou "chamar a atenção da população" para o método preventivo contra a transmissão da doença, disse o secretário da Saúde de Buenos Aires, Donato Spaccavento.

O funcionário advertiu contra "a hipocrisia e o pseudo-fanatismo" dos que repudiaram esta forma de manifestação, ao sustentar que "a Aids, em alguns lugares do mundo, aumentou por esta corrente de opinião".

"Para a prevenção não há nada melhor que os programas contínuos e silenciosos", advertiu o secretário.

Os pedestres que passaram pela praça da República, na capital argentina, demonstraram surpresa diante da ornamentação do obelisco, de 67 metros de altura.

O governo do presidente Néstor Kirchner saudou a iniciativa da prefeitura de Buenos Aires, valorizando-a como uma "mensagem fantástica" e "uma ação de impacto", segundo os ministros do Interior, Aníbal Fernández, e da Saúde, Ginés González García.

Cento e trinta mil argentinos estão infectados com o vírus HIV, dos quais 29.600 estão em tratamento, com uma despesa anual de 19,3 milhões de dólares, segundo as últimas cifras conhecidas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host