UOL Notícias Notícias
 

19/12/2005 - 14h42

Autoridades sul-coreanas fecham laboratório do professor Hwang

SEUL, 19 dez (AFP) - O laboratório de Hwang Woo Suk, co-autor de um polêmico estudo sul-coreano sobre a primeira clonagem terapêutica humana, foi fechado nesta segunda-feira, enquanto especialistas continuavam interrogando membros de sua equipe sobre a veracidade de suas descobertas.

As autoridades lacraram os recipientes que contêm células-tronco, confiscaram computadores e instalaram câmeras de vigilância no laboratório.

"O laboratório de pesquisas sobre células-tronco está praticamente fechado", informaram em um comunicado nove especialistas nomeados pela Universidade Nacional de Seul para determinar se Hwang falsificou sua pesquisa.

No domingo, os especialistas interrogaram 24 dos 31 membros da equipe de pesquisas durante 14 horas na escola veterinária da universidade onde se encontra o laboratório, informou o comunicado.

Nesta segunda-feira continuaram sua busca.

Em fevereiro de 2004, a equipe do professor Hwang anunciou a clonagem de embriões humanos para produzir células-tronco, um feito inédito ao nível mundial.

O professor afirma ter produzido várias linhagens de células-tronco embrionárias a partir de embriões humanos clonados com as células de onze doentes. No entanto, segundo fotografias publicadas na semana passada foi encontrado um DNA idêntico em várias linhagens.

A pesquisa da Universidade Nacional de Seul deve determinar se se trata de um erro de classificação das fotografias no laboratório ou de uma eventual manipulação de dados científicos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host