UOL Notícias Notícias
 

05/01/2006 - 16h48

OMS pede vigilância redobrada para evitar pandemia de gripe aviária

COPENHAGUE, 5 jan (AFP) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta quinta-feira a seus Estados-membros que "redobrem a vigilância" e se preparem para uma eventual pandemia de gripe aviária, depois do anúncio da morte de duas pessoas com a doença na Turquia.

Dois adolescentes faleceram no domingo e na quinta-feira. Estes são os primeiros casos fatais em humanos foram da Ásia, onde a gripe aviária matou mais de 70 pessoas desde 2003.

Outras duas pessoas da família dos adolescentes mortos estão hospitalizadas em Van (leste da Turquia) com os mesmos sintomas respiratórios.

Sete pessoas mais estão nas mesmas condições, segundo a OMS.

"A situação é preocupante, pois mostra que o vírus continua aí e espera. Por isso, todos os países europeus devem redobrar a vigilância e seguir ao pé da letra as recomendações da OMS para se preparar para uma eventual pandemia", disse à AFP Guenael Rodier, do escritório europeu da OMS em Copenhague.

"A possibilidade de ver surgir uma pandemia na Europa tende a aumentar, pois há vários humanos infectados, portanto há mais riscos de que o vírus se adapte ao homem e, então, será difícil detê-lo", advertiu.

"Os países da região européia devem levar a sério as recomendações da OMS sobre a gripe aviária, que não é uma invenção, vigiar bem os humanos (...) e controlar a epidemia nas aves" domésticas, recomendou Rodier, conselheiro especial para doenças contagiosas na OMS.

Uma equipe do escritório europeu da OMS seguiu nesta quinta-feira para a Turquia para fazer um primeiro balanço da situação com as autoridades turcas. A organização também confirmará os casos turcos em um laboratório de referência em Londres.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host