UOL Notícias Notícias
 

06/01/2006 - 10h52

OMS afirma que não há motivo para pânico na Turquia

GENEBRA, 6 jan (AFP) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta sexta-feira que as pessoas não entrem em pânico após as três mortes por gripe aviária anunciadas na Turquia, apesar de a doença se aproximar cada vez mais da Europa.

"A infecção está circunscrita a uma província do leste da Turquia onde as aves estão contaminadas e não há motivo para pânico desnecessário", declarou à imprensa Fadela Chaib, porta-voz da OMS. Ela disse que a organização ainda não havia recebido a confirmação do governo turco de uma terceira morte.

Segundo o chefe médico do hospital de Van (leste), uma menina de 11 anos faleceu nesta sexta-feira. Ela foi a terceira vítima da gripe aviária na Turquia e fora da zona do Extremo Oriente.

A menina pertencia a uma família de quatro irmãos e irmãs tratadas por sintomas similares aos da gripe aviária.

As autoridades turcas enviaram mostras a um laboratório londrino que integra a rede da OMS para comprovar se se trata efetivamente do vírus H5N1 da gripe aviária, o mais forte. Os resultados devem ser divulgados na próxima semana, segundo Chaib.

Cinco especialistas da OMS em virologia, epidemiologia e laboratório já estão em Ancara e devem seguir para Van ainda nesta sexta-feira.

"A primeira hipótese de trabalho é que as crianças tocaram, brincaram com frangos enfermos e se infectaram deste modo. Porém também tentarão determinar se estamos diante do primeiro caso de transmissão inter-humana, o que seria o início de uma epidemia de gripe", destacou a porta-voz.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host