UOL Notícias Notícias
 

10/01/2006 - 18h31

Rússia aumenta controles fronteiriços para deter a gripe das aves

MOSCOU, 10 jan (AFP) - Autoridades russas intensificaram a defesa contra o mortal vírus da gripe das aves para evitar sua entrada pela Turquia, depois que o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou a adoção de medidas, informou nesta terça-feira a agência de notícias ITAR-TASS.

"Agências federais que garantem a segurança na fronteira estão adotando medidas de quarentena", disse um oficial do serviço secreto, FSB, encarregado dos guardas de fronteira russos, citado pela agência ITAR-TASS.

Oficiais russos disseram que as pessoas que entrarem no país com sintomas de gripe aviária poderão ser postas em isolamento por guardas de fronteira e alertaram para um maior risco de contaminação para muçulmanos russos que forem à peregrinação do Hajj na Arábia Saudita através da Turquia.

"Se uma pessoa aparecer com a doença, ela será imediatamente isolada", disse à ITAR-TASS Vladimir Trifonov, um oficial da agência federal do consumidor no Tatarstão, uma província do sul da Rússia de maioria muçulmana.

Autoridades da região de Krasnodar (sul) afirmaram que veículos e pessoas que atravessarem a fronteira em Psou, entre a Rússia e a antiga república soviética da Geórgia, estavam sendo desinfetados e oficiais russos estão monitorando outros pontos de travessia da Armênia e do Azerbaijão, acrescentou ITAR-TASS.

A Rússia, que tem estreitos laços de negócios e turismo com a Turquia, é separada do país pelas antigas repúblicas soviéticas de Armênia, Azerbaijão e Geórgia, na região do Cáucaso, onde observadores dizem que o comércio ilegal transfronteiriço é dominante.

Nenhum caso da cepa mortal H5N1 da gripe aviária foi detectado em humanos na Rússia, mas alguns foram registrados em aves de criação desde meados de 2005 e centenas de milhares de aves foram sacrificadas.

Oficiais russos estão preocupados com que o fim do inverno e o início das migrações de pássaros possam trazer novos casos da doença, que matou dois adolescentes na cidade turca de Dogubeyazit (leste) e contaminou outras 13 pessoas no país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host