UOL Notícias Notícias
 

26/01/2006 - 13h25

EUA: fumantes negros são mais propensos ao câncer de pulmão que os brancos

WASHINGTON, 26 jan (AFP) - Os negros americanos e os havaianos fumantes correm um risco maior de desenvolver câncer de pulmão que os tabagistas brancos, revelou um estudo publicado nesta quinta-feira nos Estados Unidos.

Estes últimos, por sua vez, correm mais riscos de desenvolver câncer que os americanos de origem japonesa ou hispânica, acrescentou a pesquisa, publicada no New England Journal of Medicine.

As conclusões da análise de dados com base em uma pesquisa com um grupo multiétnico de 183.813 pessoas que vivem na Califórnia e no Havaí, confirmam os resultados de vários estudos precedentes mais reduzidos, destacaram os cientistas.

No grupo estudado entre 1993 e 2001, foram detectados 1.979 casos de câncer de pulmão.

Os negros e os nativos do Havaí apresentaram um risco muito maior de desenvolver câncer de pulmão no grupo que fumava menos de 30 cigarros por dia.

As diferenças de risco de câncer entre os vários grupos foram mais acentuadas no grupo que fumava menos de 10 cigarros diários.

O risco de desenvolver câncer de pulmão foi 55% menor que o dos negros no caso dos fumantes brancos e 79% menor entre os americanos descendentes de japoneses ou latino-americanos.

O câncer de pulmão é o segundo tipo mais freqüente nos Estados Unidos entre os homens e o mais mortal entre todas as formas da doença.

Em 2002, foram diagnosticados 182.000 novos casos e 157.000 morreram, segundo as estatísticas oficiais americanas mais recentes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host