UOL Notícias Notícias
 

26/01/2006 - 18h09

Oito empresas eliminarão o PFOA, um produto químico vinculado ao câncer

WASHINGTON, 26 jan (AFP) - A agência americana de proteção ambiental (EPA, na sigla em inglês) e oito indústrias, entre elas o grupo químico DuPont fecharam um acordo para eliminar virtualmente do meio ambiente o ácido perfluorooctano (PFOA), uma substância perigosa usada para a fabricação do teflon.

Embora o PFOA vá continuar sendo usado na fabricação do teflon e outros materiais similares, será aplicado um novo processo industrial para garantir que este produto não possa ser encontrado no meio ambiente, anunciou na noite de quarta-feira a EPA em um comunicado.

O PFOA, essencial para produzir revestimentos antiaderentes e antimanchas, tem sido vinculado a cânceres em animais de laboratório e más-formações congênitas.

Foram detectados vestígios de PFOA no sangue de 95% dos americanos e de animais marinhos, bem como em ursos polares do Ártico.

Segundo os termos do acordo, as empresas reduzirão em 95% os detritos industriais de PFOA no máximo até 2010. Eles também se comprometeram em diminuir em 95% até 2015 os vestígios de PFOA em um conjunto de produtos de consumo habitual, como caixas de pizza, frigideiras e envoltórios de pipocas de microondas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host