UOL Notícias Notícias
 

27/01/2006 - 15h25

Estudo americano pode explicar virulência do vírus da gripe aviária

WASHINGTON, 27 Jan (AFP) - No primeiro estudo em larga escala sobre o genoma da gripe das aves, cientistas americanos descobriram um traço genético no vírus mortal H5N1 que pode explicar sua virulência em humanos. Tanto a cepa aviária, que matou pelo menos 83 pessoas desde 2003, a maioria na Ásia, quanto a causadora da pandemia de gripe de 1918 têm um "padrão aviário", que pode se conectar e interromper a atividade de certas proteínas no hospedeiro humano, segundo um estudo publicado na edição desta sexta-feira da revista científica Science.

Ao contrário, as epidemias menos mortais de 1957 e 1968 apresentavam um "padrão humano" que parece ser menos capaz de interagir com as proteínas do hospedeiro, segundo o estudo realizado no St. Jude Children's Research Hospital, no Tennessee (sudeste).

Os cientistas usaram um vasto inventário de amostras de gripe aviária disponível na instituição, coletada ao longo de várias décadas, para realizar o primeiro estudo amplo sobre os genomas dos vírus.

A análise "dobra o volume de informações genéticas disponíveis sobre a gripe das aves e revela um novo padrão genético que pode ser a chave para a virulência de alguns surtos de gripe, inclusive a da cepa H5N1 na Ásia e na Europa", destacou o estudo.

Os cientistas temem que o vírus H5N1 possa sofrer uma mutação para uma forma facilmente transmissível entre humanos, provocando uma pandemia com potencial para matar milhões de pessoas em todo o mundo.

Análises preliminares de dados coletados no estudo do hospital St. Jude levaram à descoberta de novos genes da gripe aviária, de informações sobre como os vírus evoluem com o passar do tempo e à identificação de genes que viajam juntos através da evolução, destacaram os pesquisadores.

O estudo incluiu 2.196 genes da gripe aviária e 169 genomas completos, retirados de várias amostras de aves selvagens.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host