UOL Notícias Notícias
 

27/01/2006 - 18h07

Hong Kong tem segundo caso positivo de gripe aviária em pássaro selvagem

HONG KONG, 27 jan (AFP) - Um segundo pássaro selvagem encontrado morto em Hong Kong teve resultado positivo no teste de gripe aviária, informou nesta sexta-feira o governo do território do sul da China.

Exames preliminares mostraram que a ave, um corvídeo da espécie "pega", encontrada na quinta-feira nos Novos Territórios, região predominantemente rural, estava infectada com a cepa H5 da gripe aviária, informou um comunicado do governo, citando um porta-voz do Departamento da Agricultura.

Testes suplementares são realizados para determinar se a ave estava com a cepa mortal H5N1, que matou mais de 80 pessoas desde 2003, a maioria na Ásia, acrescentou o porta-voz.

Na semana passada uma outra "pega" morta encontrada nos Novos Territórios, que faz fronteira com a China continental, teve resultado positivo no exame para a cepa H5N1.

O governo informou que inspecionaria 10 granjas no raio de cinco quilômetros de onde a ave foi encontrada e implementar a vigilância de aves selvagens na região.

O porta-voz também informou que se a segunda ave morta tiver confirmada a infecção por H5N1, "pode ser um indício de que o vírus existe no ambiente natural".

A primeira vez que a gripe aviária sofreu uma mutação para uma forma letal foi em 1997 em Hong Kong, matando seis pessoas e provocando o sacrifício de mais de dois milhões de aves de criação.

Desde este surto, a ex-colônia britânica tem tido sucesso em manter o vírus fora de seu território, apesar dos casos registrados na China continental e da morte de três aves selvagens em 2004.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h40

    0,55
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h49

    -2,01
    61.381,74
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host