UOL Notícias Notícias
 

14/02/2006 - 13h30

ONU acredita que toda a África ocidental está ameaçada pela gripe aviária

DACAR, 14 fev (AFP) - O representante da secretaria-geral da ONU na África Ocidental, Ahmedu Uld Abdala, disse nesta terça-feira que toda a região está ameaçada pela epidemia de gripe aviária, depois do aparecimento do vírus H5N1 na Nigéria.

"Temos que ressaltar que os países da África ocidental são extremamente vulneráveis por causa da debilidade de suas infra-estruturas sanitárias e físicas, como as estradas, e que é muito difícil controlar os deslocamentos", declarou à AFP.

"As fronteiras que cruzam a África Ocidental são permeáveis, toda a região está em perigo", advertiu.

Segundo o responsável da ONU, "o mais urgente é informar e educar continuamente a população e os governos sobre o fenômeno e sua gravidade".

"Os governos devem tentar conseguir os recursos que lhes permitiriam pagar desde o início os criadores, já que as pessoas a quem pedimos para sacrificar os animais não estão convencidas de que serão reembolsadas por suas galinhas e ovos", acrescentou.

Segundo Uld Abdala, esta praga é "muito mais séria do que a dos gafanhotos, já que pode matar as pessoas e se enraizar na região, como na Ásia, porque os mecanismos para lutar contra ela são complexos".

Um especialista da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) explicou em Roma que o vírus da gripe aviária poderia ter chegado ao Níger, país fronteiriço com a Nigéria, embora o governo deste país o tenha desmentido "formalmente".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h01

    1,26
    63.452,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host