UOL Notícias Notícias
 

14/02/2006 - 13h48

Paris e Moscou assinam contrato de lançamentos de foguetes Soyuz na Guiana

MOSCOU, 14 fev (AFP) - A Rússia e a França assinaram nesta terça-feira, em Moscou, o primeiro contrato para o lançamento de foguetes Soyuz do Centro Espacial da Guiana (CSG, na sigla em francês), à margem da visita da capital russa do premier francês, Dominique de Villepin.

O contrato estipula o abastecimento dos primeiros quatro Soyuz que serão lançados do CSG a partir de 2008 e foi assinado por Jean-Yves Le Gall, diretor-geral da Arianespace, e por Anatoly Perminov, diretor da agência espacial russa Roskosmos.

Na assinatura do documento, também estiveram presentes De Villepin e seu colega russo, Mikhail Fradkov.

Segundo um comunicado da Arianespace, a cooperação euro-russa se articula ao redor de dois grandes eixos.

Por um lado, os lançamentos de Baikonur, feitos pela empresa Starsem, filial da EADS/Arianespace (50%) e de seus sócios russos, com uma participação mútua de 50%.

De Baikonur foram realizados 15 lançamentos, todos com sucesso, de satélites científicos e de telecomunicações.

Para 2006 estão previstos outros três, assim como para 2007.

O segundo eixo se articula nos lançamentos feitos do CSG, que correrão por conta da Arianespace e para os quais está sendo construída atualmente uma plataforma na Guiana francesa.

O primeiro lançamento de um Soyuz do CSG está previsto para novembro de 2008.

A Arianespace já assinou vários contratos de lançamento usando seu novo meio, que completará a gama de lançadores da sociedade, junto com os Ariane 5 e Vega.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    0,26
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h43

    -0,37
    75.110,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host