UOL Notícias Notícias
 

22/02/2006 - 12h27

San Francisco quere reciclar as fezes de suas mascotes

SAN FRANCISCO, 22 fev (AFP) - San Francisco, a cidade americana que ganhou renome internacional por sua campanha antibelicista "flower power" nos anos 60, está explorando um futuro um pouco mais hediondo: o da reciclagem das fezes de seus cães e gatos. O governo de San Francisco pediu à companhia de limpeza da cidade que conceba um sistema para converter as fezes das mascotes em gás metano, que poderá ser usado como combustível para a calefação dos lares, geração de eletricidade e outras necessidades.

"A conversão certamente é possível", disse Robert Reed, da Norcal Waste Systems Inc. A ordem foi emitida depois que um estudo revelou que 3,8% dos dejetos residenciais coletados em San Francisco eram "cocô de cachorro, gato ou outro tipo de animal", afirmou Reed.

Os líderes da cidade se propuseram como meta eliminar todos os dejetos até 2020. Essa meta já foi praticamente alcançada em países como a Suécia, Suíça e Alemanha.

Existe tecnologia para converter, reciclar e utilizar 85% do lixo da população e é possível implementar uma legislação que obrigue os fabricantes a receber de volta os 15% restantes, segundo Reed.

O mais recente estudo sobre os dejetos em San Francisco resultou na criação de um programa em 1996 para coletar as sobras de comida dos restaurantes e transformá-las em adubo para ser usado em fazendas.

O programa se expandiu para outras cidades da Califórnia e está sendo estudado por outros países.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host