UOL Notícias Notícias
 

06/03/2006 - 23h24

Tempestades solares serão mais freqüentes nos próximos anos

WASHINGTON, 6 mar (AFP) - As tempestades solares, que podem afetar o funcionamento de satélites, equipamentos eletrônicos e a distribuição elétrica sobre a Terra, serão de 30% a 50% mais freqüentes nos próximos anos, de acordo com previsões científicas divulgadas nesta segunda-feira.

Estas previsões caem sobre o próximo ciclo de atividade do Sol, de 11 anos de duração, e que deve começar no final de 2007 ou início de 2008, disseram os pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (NCAR, sigla em inglês), em Boulder (Colorado, oeste).

Suas projeções se apóiam sobre novos modelos matemáticos que integram as observações já existentes, dados sobre os deslocamentos do plasma no interior do Sol, flutuações do campo magnético solar e o número de manchas em sua superfície.

"As previsões de um ciclo de maior atividades das radiações solares podem prefigurar, potencialmente, mais perturbações das comunicações, mais panes dos satélites, cortes de energia e mais riscos para os astronautas no espaço", explicou Richard Behnke, especialista da Fundação Nacional das Ciências.

Os cientistas do NCAR esperam ter condições de fazer medidas mais precisas no futuro, de modo a alertar, com antecedência, as companhias de energia elétrica, telefone e operadoras de satélite sobre o problema.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host