UOL Notícias Notícias
 

07/03/2006 - 17h51

Tribunal Europeu rejeita pedido de britânica de usar embriões congelados

=(FOTO)= ESTRASBURGO, França, 7 Mar (AFP) - Uma britânica de 34 anos, Natallie Evans, não conseguiu nesta terça-feira na Corte Européia de Direitos Humanos (CEDH) de Estrasburgo (leste da França) autorização para usar seus embriões congelados para ter um bebê. O caso da jovem, que sofre de câncer nos ovários, comoveu a opinião pública britânica e européia, mas a CEDH recusou-se a atender à petição. Evans já havia recorrido a todas as instâncias judiciais em seu país, numa verdadeira batalha legal. O caso começou quando Natallie e seu então parceiro Howard Johnston congelaram seis embriões antes de ela se submeter a um tratamento que a deixaria infértil. Mas, depois que a relação terminou, Johnston negou-se a autorizar que os embriões congelados fossem utilizados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host