UOL Notícias Notícias
 

11/03/2006 - 13h37

Presidente de Kosovo lamenta que espírito de Milosevic continue vivo na Sérvia

SALZBURGO, Áustria, 11 mar (AFP) - O presidente do Kosovo, Fatmir Sejdiu, lamentou neste sábado que o espírito nacionalista do ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic continue vivo na Sérvia e pediu que Belgrado ponha fim a essa situação.

"Todas as suas ações e as atuações de sua maquinaria foram contra os kosovares e contra a raça humana", disse Sejdiu em Salzburgo (Áustria), ao reagir ao anúncio da morte de Milosevic em Haia, onde estava preso e era julgado por crimes de guerra e contra a humanidade.

"Infelizmente, o espírito de Milosevic continua existindo na Sérvia. Para nós é muito importante que eles sejam capazes de superar isto e que, como nação independente, possamos ter uma boa relação de vizinhança no futuro", acrescentou.

A província sérvia de Kosovo permaneceu sob a administração da ONU em 1999 depois que a OTAN bombardeou as forças sérvias leais a Milosevic que haviam lançado uma ofensiva contra rebeldes de origem albanesa.

Para a próxima semana estão previstas novas negociações para definir o estatuto final do território.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host