UOL Notícias Notícias
 

19/03/2006 - 07h31

Allawi: Iraque vive uma lamentável guerra civil

LONDRES, 19 mar (AFP) - O Iraque vive uma guerra civil cujas conseqüências afetarão a Europa e os Estados Unidos, afirmou o ex-premier interino iraquiano Iyad Allawi, em uma entrevista à rede britânica BBC, por ocasião do terceiro aniversário do início das operações militares destinadas a derrubar o regime de Saddam Hussein.

"É lamentável, mas estamos em guerra civil. A cada dia perdemos uma média de 50 a 60 pessoas através do país, talvez mais. Se isto não é uma guerra civil, só Deus sabe o que pode ser uma guerra civil", disse.

Em um programa matinal da BBC, Allawi destacou que alertara para os riscos de um vazio político no Iraque e manifestara o temor de que o desmantelamento do Exército de Saddam Hussein provocasse um predomínio das milícias.

O Iraque segue rumo a um acordo entre as diferentes facções políticas para a formação de um governo de unidade nacional, mas isto não permitirá uma solução imediata dos problemas pós-invasão.

"Iraque está no meio de uma crise. Talvez não tenhamos chegado ao ponto de não retorno, mas estamos nos aproximando. Atualmente vivemos um terrível conflito civil", declarou Allawi.

"Não vai apenas desabar, o sectarismo vai se espalhar por toda a região - e até mesmo a Europa e os Estados Unidos podem não ficar à margem da violência que pode resultar dos problemas sectários da região", declarou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    0,27
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h26

    -0,68
    63.648,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host