UOL Notícias Notícias
 

22/03/2006 - 22h21

Ponte da Amizade reabre após três dias de bloqueio

ASSUNÇÃO, 22 mar (AFP) - Depois de três dias de fechamento, manifestantes paraguaios suspenderam nesta quarta-feira o bloqueio da Ponte da Amizade, que liga Brasil e Paraguai, confirmaram caminhoneiros e turistas que começaram a transitar pela via.

A abertura da ponte aconteceu ao fim de uma assembléia realizada por manifestantes que pediam o fim da "perseguição" dos agentes federais brasileiros contra sacoleiros.

Sindicalistas leram uma nota do prefeito de Ciudad del Este, Javier Zacarías Irun, que pediu o fim do bloqueio, de acordo com a imprensa local em transmissão ao vivo.

Após a suspensão do bloqueio, uma longa fila de centenas de caminhões e ônibus começou a se mobilizar no lado paraguaio, confirmou um porta-voz da Polícia Rodoviária.

"O fechamento produziu uma perda de cerca de 12 milhões de dólares ao país" (Paraguai), disse aos jornalistas a diretora de Aduana, Margarita Díaz de Vivar.

A normalização do trânsito de automóveis e pessoas acontece horas depois do anúncio de um acordo entre Assunção e Brasília, anunciado pela ministra das Relações Exteriores paraguaia, Leila Rachid.

"O acordo permitirá rever os controles brasileiros considerados excessivos e que motivaram o fechamento da ponte", explicou a ministra.

"Devem parar com as apreensões de veículos paraguaios no lado brasileiro", exigiu, por sua vez, o sindicalista Joaquín Benítez, na assembléia popular realizada hoje sobre a ponte.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host