UOL Notícias Notícias
 

23/03/2006 - 00h02

Qualquer redução constante no colesterol ajuda a reduzir risco cardíaco

WASHINGTON, 22 mar (AFP) - Uma diminuição da taxa do mau colesterol, que pode ser modesta desde que durável, reduz fortemente o risco de doenças cardiovasculares, de acordo com um estudo genético publicado nesta quarta-feira nos Estados Unidos.

Esta pesquisa, feita em mais de 12.000 pessoas negras e brancas, mostrou que uma redução de apenas 15% do nível de LDL (o mau colesterol) mantida por um longo período pode fazer baixar de maneira significativa o risco de doença coronariana, afirmam os pesquisadores americanos, cujos trabalhos aparecem no "New England Journal of Medicine" datado de 23 de março.

Esta diminuição do LDL pode ser obtida, facilmente, tomando pequenas doses de medicamentos à base de estatinas, como o "Lipitor", sugerem.

O estudo mostra que uma redução moderada do colesterol tem efeitos protetores inclusive para as pessoas que tenham outros fatores de riscos cardiovasculares significativos, como é o caso dos fumantes.

"O que esse estudo mostra é que um nível mais baixo de LDL teve um efeito espetacular sobre a incidência de acidentes coronarianos durante um período de 15 anos", explicou a Dr. Helen Hobbs, do Howard Hughes Medical Institute, da Universidade do Sul do Texas, que conduziu o trabalho com um grupo de pesquisadores.

O estudo foi realizado com "pessoas que vivem nos mesmos lugares, sujeitas à mesma intensidade de estresse e dividindo os mesmos grandes riscos de doenças cardiovasculares, como a hipertensão, o diabetes e o fato de fumar".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h19

    0,19
    3,272
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h29

    -0,49
    63.769,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host