UOL Notícias Notícias
 

13/04/2006 - 10h24

Nazistas planejavam extermínio de judeus da Palestina

STUTTGART, Alemanha, 12 abr (AFP) - O regime nazista de Adolf Hitler previu a extensão do Holocausto a meio milhão de judeus da Europa refugiados na Palestina durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com um estudo realizado por dois historiadores da Universidade de Stuttgart (sudoeste) publicado nesta quarta-feira.

O regime nacional socialista manteve uma unidade especialmente constituída para este fim, posicionada na Grécia, afirmam Klaus Michael Mallmann e Martin Cueppers após três anos de pesquisas.

"Consultamos, entre outros, documentos do ministério alemão das Relações Exteriores em Berlim e do serviço dos arquivos militares em Friburgo", especifica Mallmann, autor de outros estudos sobre a Gestapo e o Partido Comunista alemão.

A derrota do marechal alemão Erwin Rommel, que teve suas tropas bloqueadas pelos soldados do marechal britânico Bernard Montgomery no Egito, evitou a extensão do Holocausto aos judeus da Palestina, afirmam os dois historiadores.

Se Rommel tivesse vencido a batalha de El Alamein (norte do Egito) e tivesse avançado até a Palestina, o comando de intervenção teria recebido a ordem de exterminar os judeus da Palestina, segundo os autores do estudo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host