UOL Notícias Notícias
 

24/04/2006 - 20h28

Terror ataca no Egito: 23 mortos e 62 feridos

CAIRO, 24 abr (AFP) - Pelo menos 23 pessoas morreram, sendo 20 egípcios e três estrangeiros, incluindo um bebê alemão, e outras 62 ficaram feridas em um triplo atentado a bomba cometido nesta segunda-feira à noite na localidade egípcia de Dahab, zona turística às margens do Mar Vermelho, de acordo com o último boletim do Ministério do Interior.

"Até o momento, o número de mortos é de 23, sendo 20 egípcios e três estrangeiros", informou um funcionário do Ministério, ressaltando que um bebê alemão está entre as vítimas fatais.

"Há 62 feridos: 42 egípcios e 20 estrangeiros", incluindo três dinamarqueses, três britânicos, dois alemães, dois italianos, dois franceses, um americano, um libanês, um palestino, um israelense, um australiano e um sul-coreano, completou a pasta.

As explosões, ocorridas durante as festividades de primavera, aconteceram por volta das 19h15 (14h15 de Brasília) e com vários minutos de intervalo, disseram fontes de segurança. Sem citar fontes, a TV estatal informou que as bombas foram acionadas a distância.

Em um comunicado anterior, o Ministério de Interior indicou que quatro estrangeiros, sendo um russo e um suíço, estavam entre as vítimas fatais.

Os atentados eram contra dois restaurantes, Nelson e Alaeedin, e contra o supermercado Ghazala. Os três locais ficam nesta estação balneária ao sudeste do Cairo, muito freqüentada neste fim de semana, onde se celebrava a Páscoa ortodoxa e a festa de Cham Al Nassim.

As vítimas foram transportadas para hospitais situados em Dahab e Sharm el-Sheikh, mais ao sul.

O presidente egípcio, Hosni Mubarak, disse à noite que "os responsáveis" do triplo atentado "serão castigados", e seu colega americano, George W. Bush, condenou o episódio "energicamente" e quase de imediato.

O governo palestino liderado pelo Hamas e a Autoridade Palestina também condenaram os atentados. "Nosso governo condena firmemente este ato criminoso que vai contra nossa religião, enfraquece a segurança nacional palestina e é contrário aos nossos interesses", declarou à AFP o porta-voz do governo palestino, Ghazi Hamad.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, também condenou o triplo atentado, enquanto o presidente francês, Jacques Chirac, expressou sua "consternação" e a "solidariedade da França", após os ataques.

"É um ato criminoso que atinge cegamente civis e que é contrário à nossa religião", frisou Abbas, segundo um comunicado oficial.

Cecile Casey, uma turista francesa contactada em Dahab pela AFP, contou que a zona onde aconteceram os atentados estava cheia de turistas. "Vi poças de sangue no chão", acrescentou.

Segundo uma testemunha, Yusri Salé, que falava na TV egípcia, as forças de segurança bloquearam a região, "impedindo as pessoas de sair ou entrar".

"Havia muitos turistas na zona, sobretudo egípcios procedentes de Sharm Al Nessim", explicou.

Said Al Ghunimi, outra testemunha, afirmou que as forças de segurança foram enviadas imediatamente para o local, enquanto que as ambulâncias chegavam para socorrer as vítimas.

Dahab faz parte de uma região egípcia turística que compreende Sharm el-Sheikh, Santa Caterina e Thor, três cidades situadas no Sinai e que, nesta época, estão cheias de turistas estrangeiros e egípcios.

O ministro israelense da Defesa, Shaul Mofaz, propôs ao Egito o envio de socorristas e médicos após os atentados, anunciou o ministério.

O Egito fechou suas fronteiras com Israel após os ataques para "impedir a fuga de eventuais suspeitos" que podem estar por trás destes atentados, informaram fontes de segurança.

Esta decisão foi adotada no momento em que os turistas israelenses tentavam voltar para seu país.

Cerca de 20.000 turistas israelenses chegaram ao Sinai nestes últimos dias, apesar das advertências das autoridades, que recomendaram não viajar ao Egito por temor de um "ataque terrorista", segundo fontes oficiais.

A cidade de Sharm el-Sheikh já foi palco de sangrentos atentados em julho de 2005, que deixaram mais de 70 mortos, muitos deles ocidentais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,13
    3,164
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h55

    2,09
    70.071,06
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host