UOL Notícias Notícias
 

05/05/2006 - 13h43

Ilha de Sardenha institui impostos para os mais ricos

ROMA, 5 mai (AFP) - A famosa ilha italiana de Sardenha, paraíso dos ricos e das celebridades, decidiu instituir uma taxa para seus residentes mais abastados, cobrando impostos sobre barcos e aviões privados assim como sobre as residências de verão localizadas na praia.

A chamada "taxa sobre o luxo" foi aprovada pelo conselho regional por 42 votos a favor e 12 contra.

O imposto será pago somente pelos residentes temporários, proprietários de mansões e apartamentos localizados a menos de 3 km do mar, pelos proprietários de barcos de mais de 14 metros e pelas pessoas que cheguem à ilha em aviões particulares.

A residência de verão de Silvio Berlusconi, a "Villa Certosa", de 50 hectares, ao norte da ilha, será uma das mansões sujeitas ao novo imposto.

O ex-primeiro-ministro italiano terá de pagar 45.000 euros por ano por sua luxuosa propriedade de mais de 2.500 m².

A taxa regional para uma pequena casa ou apartamento de 60 m² à beira do mar será de cerca de 900 euros, e os barcos privados com 15,99 m de comprimento custarão a seus donos 1.000 euros por ano. Já os iates serão sujeitos a uma taxa de 10.000 euros.

A região também introduziu outra medida fiscal: um imposto de 20% sobre os lucros obtidos nas vendas imobiliárias.

Os impostos permitirão às autoridades locais arrecadar entre 300 e 700 milhões de euros por ano, segundo estimativa do jornal italiano "Il Corriere della Sera".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h40

    -0,07
    3,134
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h41

    -0,93
    75.266,26
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host