UOL Notícias Notícias
 

08/05/2006 - 22h57

Menopausa: tomar hormônio por 15 anos eleva risco de câncer de mama

WASHINGTON, 8 maio (AFP) - As mulheres na menopausa que tenham tomado estrogênio por pelo menos 15 anos apresentam um risco nitidamente maior de desenvolver câncer de mama, de acordo com um estudo americano divulgado nesta segunda-feira.

Já as que fizeram tratamento de reposição hormonal por até dez anos não apresentaram um risco mais elevado de desenvolver câncer de mama, destaca o estudo, realizado em 28.835 enfermeiras que se submeteram a uma histerectomia.

O estrogênio permite aliviar os sintomas da menopausa, como o ressecamento vaginal.

"Em conclusão, constatamos um risco crescente de câncer de mama com um tratamento de estrogênio de longa duração", escrevem os autores da pesquisa, entre eles a Dra. Wendy Chen, uma cancerologista do Brigham and Women's Hospital e do Dana Farber Cancer Institute, em Boston (Massachusetts, leste).

"Embora o uso do estrogênio durante menos de dez anos não seja ligado a uma maior incidência de câncer de mama, o estudo mostrou um aumento do risco de ataque cerebral e flebite", ressaltam.

Para as mulheres tratadas com o hormônio por pelo menos 15 anos, os riscos de câncer de mama, o mais comum, aumentam em 48%.

As mulheres tratadas para prevenir ou controlar a osteoporose devem seguir um tratamento com estrogênio por um longo período e, por isso, são as mais expostas ao desenvolvimento de um câncer de mama. Diante disso, os pesquisadores aconselham a busca por outros tratamentos alternativos com seus médicos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host