UOL Notícias Notícias
 

17/05/2006 - 22h49

FDA autoriza novo remédio contra mal de Parkinson

WASHINGTON, 17 mai (AFP) - A FDA, agência americana que regula o setor de alimentos e remédios, autorizou nesta quarta-feira a comercialização do Azilect, um novo medicamento para tratar o mal de Parkinson, fabricado pelo laboratório israelense Teva Pharmaceutical Industries.

Azilect (rasagilina) é uma nova combinação molecular (monoamino oxidase-B) que bloqueia a desintegração da dopamina, uma substância química que transmite as informações em partes do cérebro, controlando os movimentos e a coordenação.

"É uma boa notícia para os mais de 50.000 americanos, nos quais o mal de Parkinson é diagnosticado todos os anos", declarou em um comunicado o diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa de Medicamentos da FDA, Dr. Steven Galson.

O Azilect foi autorizado para tratar dos doentes nos primeiros estágios, assim como um complemento da levodopa, tratamento padrão para o Parkinson, no caso dos pacientes em estágio mais avançado.

De acordo com a FDA, a inocuidade e a eficácia do Azilect foram demonstradas em três testes clínicos de 18 a 26 semanas.

A FDA alerta que o Azilect pode provocar crises de hipertensão, se os doentes consumirem alimentos e bebidas ricos em tiramina, como o queijo e o vinho tinto, ou complementos dietéticos, ou em aminas contidas em inúmeros medicamentos contra tosse e bronquite.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host