UOL Notícias Notícias
 

23/05/2006 - 17h36

Toledo diz para Morales não mexer em investimentos peruanos na Bolívia

LIMA, 23 mai (AFP) - O presidente do Peru, Alejandro Toledo, disse nesta terça-feira a seu colega da Bolívia, Evo Morales, que os investimentos privados peruanos nesse país devem ser respeitados.

"Não mexam nos investimentos peruanos privados (na Bolívia), já mexeram numa empresa e quero que saibam que não serei compreensivo neste assunto, vamos recorrer aos meios legais e não nos deteremos", enfatizou o presidente.

Toledo disse que os investimentos bolivianos e os estrangeiros em geral "estão bem guardados" no Peru e, por isso, pediu igual tratamento aos investimentos peruanos em outros países, entre eles a Bolívia.

O presidente explicou que a empresa recentemente afetada no país vizinho é a firma Graña y Montero. Esta empresa está associada à OilTank da Alemanha, com a qual formou um consórcio para o armazenamento e transporte de derivados de petróleo.

Toledo precisou que essa empresa saberá se defender legalmente, mas lembrou que deve ficar "absolutamente claro" que se devem respeitar os contratos.

"Os investimentos foram acompanhados por contratos e esses contratos têm de ser respeitados", lembrou, ao enfatizar que sua mensagem "é clara".

O chefe de Estado disse que o presidente Morales tomou decisões sobre a estatização dos hidrocarbonetos, bancos, portos, aeroportos "e ainda vem mais, porém sou respeitoso e não me meto nos assuntos desse país".

Toledo disse que na véspera conversou por telefone duas vezes com seu colega boliviano para reiterar seu pedido para que convoque "em caráter de urgência" uma reunião de chanceleres e, imediatamente depois, uma reunião de presidentes dos países da Comunidade Andina das Nações (CAN).

O objetivo desse encontro, disse, é tratar o acordo comercial da CAN com a União Européia. O encontro de presidentes seria nos dias 12 e 13 de junho em Quito.

As relações entre os presidentes da Bolívia e do Peru foram abaladas nas últimas semanas depois que no dia 23 de abril Morales chamou Toledo de "traidor" dos povos indígenas por ter assinado um Tratado de Livre Comércio com os Estados Unidos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host