UOL Notícias Notícias
 

31/05/2006 - 18h38

Apresentam-se as condições para uma violenta temporada de furacões

MIAMI, EUA, 31 mai (AFP) - Altas temperaturas oceânicas e padrões de vento adequados: as condições para uma temporada de furacões perigosa no Atlântico se apresentam mais uma vez neste ano, e os cientistas reiteram que a região tem pela frente mais duas ou três décadas de perigo.

Embora existam poucas chances de que se repita uma temporada tão ativa quanto a de 2005, quando se formaram 28 tempestades, 15 delas furacões, isso não seria impossível.

Os dois prognósticos mais aguardados anualmente nos Estados Unidos - o da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica americana (NOAA) e o da Universidade do Colorado - sugerem outra temporada com atividade acima da média dos últimos 40 anos, de 11 furacões.

Segundo o diretor da NOAA, Conrad Lautenbacher, a atividade intensa continua sendo influenciada por "temperaturas oceânicas mais altas (...) padrões favoráveis de vento (...) tudo isso provoca fracas correntes verticais de ar. Essas condições permitem o surgimento de furacões, sua permanência e intensificação."

Os especialistas Philip Klotzbach e William Gray, da Universidade do Colorado, explicam que a falta de fortes ventos de nordeste, que refrescam o Atlântico tropical, causaram um "aquecimento anormal do oceano, por isso se espera outra temporada de muita atividade".

Entre as más notícias, existe uma boa, lembrou Lautenbacher. "A fraca presença do fenômeno La Niña no Pacífico equatorial foi dissipada, não será um fator nesta temporada."

"Mas a água quente do oceano não é o único fator necessário para a formação dos ciclones tropicais. Os ventos atmosféricos e os padrões de pressão também controlam com força a formação de um furacão, e o quanto ele se intensificará", assinalou o diretor da NOAA.

De acordo com os especialistas, a alta atividade ciclônica começou há 11 anos e, segundo padrões históricos, deverá durar mais duas ou três décadas até perder força. A temporada começa amanhã e termina no próximo dia 30 de novembro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host