UOL Notícias Notícias
 

07/07/2006 - 09h06

Coréia do Sul pede a suas companhias aéreas que evitem espaço aéreo ao Norte

SEUL, 7 jul (AFP) - A Coréia do Sul pediu a suas companhias aéreas que evitem o espaço aéreo do Norte até terça-feira por temor de um novo lançamento de mísseis, informou nesta sexta-feira um funcionário do setor.

Um Boeing 747 da companhia Asiana Airlines que transportava na quarta-feira 223 passageiros e 12 tripulantes de Chicago para Seul cruzou o espaço aéreo nessa área 22 minutos antes do primeiro teste de míssil de Pyongyang. A Coréia do Norte não emitiu qualquer aviso.

Os vôos prosseguiram durante todo o dia enquanto a Coréia do Norte prosseguia com os testes de mísseis. As autoridades não precisaram se esses lançamentos representavam perigo para os aviões por falta de dados oficiais sobre a altitude dos mísseis.

Depois da advertência, as companhias Asiana Airlines e Korean Air anunciaram iriam evitar o corredor aéreo entre a Coréia do Sul e os Estados Unidos pelo Norte acima do Alasca, e passariam pela via sul.

O ministro sul-coreano da Defesa, Yoon Kwang-Ung, reiterou nesta sexta-feira os rumores de que o país do Norte prepara um segundo teste com um Taepodong, míssil de longo alcance, mas que o mesmo não é iminente.

Segundo os especialistas, são necessárias três semanas para prepara a zona de disparo e fornecer combustível para um míssil desse tipo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host