UOL Notícias Notícias
 

18/07/2006 - 06h13

Ataque noturno de Israel contra o Exército libanês deixa 10 mortos

BEIRUTE, 18 jul (AFP) - Pelo menos 10 militares libaneses morreram e outros 40 foram feridos na madrugada desta terça-feira em um bombardeio da aviação israelense contra o quartel de Jamhur, perto de Beirute, informou à AFP um alto comandante militar.

"Tivemos 10 mártires e pelo menos 40 militares ficaram feridos nos ataques aéreos contra o quartel, que fica 10 km ao leste da capital", disse o militar que exigiu anonimato.

Os caças-bombardeiros israelenses atacaram quatro vezes o quartel, próximo ao palácio presidencial de Baabda, e a sede do ministério da Defesa.

Segundo a agência oficial libanesa Ani, o quartel foi alvo de vários ataques durante a noite, seis deles durante operações de resgate para retirar do local as vítimas dos primeiros bombardeios.

O quartel do Exército em Kfarchima, ao sudeste da capital, também foi atacado durante a noite.

Na segunda-feira, a aviação israelense bombardeou uma base do Exército em Abdeh, no litoral norte do país, a 15 km da fronteira sírio-libanesa. Dez militares foram feridos.

Ao mesmo tempo, as tropas israelenses dispararam um míssil ar-terra contra a base marítima do Exército libanês no porto de Trípoli, ferindo quatro pessoas.

Em 13 de julho, segundo dia da ofensiva de Israel contra Beirute, a aviação israelense bombardeou duas bases aéreas no leste e norte do Líbano, sem provocar vítimas.

Em uma semana, a ofensiva israelense, a mais importante desde a invasão do Líbano em 1982, matou pelo menos 234 pessoas, sendo 208 civis, 22 soldados e quatro combatentes do Hezbollah. Centenas de pessoas ficaram feridas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host