UOL Notícias Notícias
 

25/07/2006 - 06h10

Aviação israelense mata sete pessoas da mesma família em Nabatiyeh

TIRO, Líbano, 25 jul (AFP) - Sete membros da mesma família morreram na manhã desta terça-feira quando aviões israelenses bombardearam sua residência na cidade de Nabatiyeh, sul do Líbano.

De acordo com a polícia, a casa foi devastada por um míssil. As equipes de resgate continuam trabalhando para retirar os corpos do local, incluindo os de duas crianças.

Estas mortes elevam a 381 o número de vítimas fatais, sendo 334 civis, no Líbano desde o início da ofensiva israelense no dia 12 de julho.

Segundo as forças oficiais, 27 soldados e policiais libaneses morreram desde o começo das hostilidades. Quase 800 civis e 81 soldados e policiais foram feridos.

O Hezbollah anunciou ter perdido 19 combatentes.

Um militante da guerrilha de Amal, aliada do Hezbollah, também morreu nos confrontos.

De acordo com algumas estimativas, o conflito provocou a fuga de 800.000 civis. A ONU e alguns países europeus mencionam uma "catástrofe" humanitária.

Os ataques aéreos israelenses prosseguem no momento em que secretária de Estado americana, Condollezza Rice, visita a região para tentar encontrar uma saída para a crise.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host