UOL Notícias Notícias
 

29/07/2006 - 14h14

ONG denuncia que exército israelense utiliza armas de fragmentação no Líbano

LYON, França, 29 jul (AFP) - A associação Handicap International denunciou neste sábado a utilização de bombas de fragmentação por parte do exército israelense no conflito no Líbano.

"Estas armas foram utilizadas concretamente em um ataque à localidade de Blida em 19 de julho passado, quando morreu uma pessoa e doze ficaram feridas, entre elas sete crianças", enfatiza o comunicado desta organização não-governamental de ajuda a mutilados em zonas de pobreza e de conflito.

As bombas de fragmentação estão proibidas por convenções internacionais. As de nova geração são compostas por um contêiner principal que libera no ar várias centenas de pequenas bombas em uma zona ampla e que explodem no contato com o solo.

A Handicap International realiza um programa de apoio aos deslocados em Beiruete junto com uma coalizão de 19 ONGs locais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h49

    0,25
    3,285
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h57

    1,56
    62.637,12
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host