UOL Notícias Notícias
 

29/08/2006 - 20h22

Evo Morales enfrenta mais uma greve regional

LA PAZ, 29 ago (AFP) - O Comitê Cívico de Chuquisaca, no sudeste da Bolívia, decretou uma paralisação de 24 horas para a próxima quarta-feira para protestar contra o presidente Evo Morales, que acusam de ignorar a região, informou nesta terça-feira o ativista John Caba.

O protesto do Comitê Cívico (que reúne representantes de diversos setores da sociedade) decidiu pela greve diante da "lentidão do cumprimento dos compromissos (do governo) com a região e do menosprezo com Chuquisaca em comparação a outras regiões do país".

"Estamos sofrendo como departamento (...) porque nossas demandas não têm cor política", disse Caba.

Dirigentes cívicos, autoridades locais e congressistas estão há dois dias em greve de fome para obter uma verba de 67 milhões de dólares para a construção de uma estrada na região, mas as negociações com o ministro do Planejamento, Carlos Villegas, realizadas esta tarde em Sucre (capital de Chuquisaca), não deram resultados.

Após o fracasso das negociações, Caba ameaçou bloquear estradas, fechar unidades de bombeamento de gás e mergulhar a região em uma greve por tempo indeterminado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host