UOL Notícias Notícias
 

13/09/2006 - 19h37

Quadro dos massacres em estabelecimentos de ensino nos últimos 15 anos

MONTREAL, Canadá, 13 set (AFP) - O tiroteio desta quarta-feira no Dawson College de Montreal aumenta a já extensa lista de matanças em estabelecimentos de ensino em todo o mundo. Seguem abaixo os principais casos desde 1989:

- 17 de janeiro de 1989 - EUA: um rapaz de 24 anos dispara com sua metralhadora durante o intervalo das aulas de uma escola em Stockton (Califórnia), matando cinco meninos e ferindo cerca de 30 pessoas antes de se matar.

- 6 de dezembro de 1989 - Canadá: para se vingar das feministas, um desempregado de 25 anos mata 13 estudantes e uma secretária da Escola Politécnica de Montreal, ferindo também outras 13 pessoas antes de se suicidar.

- 13 de março de 1996 - Grã-Bretanha: seis crianças de entre 4 e 6 anos e sua professora são assassinadas em um jardim de infância em Dunblane, por um colecionador de armas de fogo que se suicidou.

- 1 de abril de 1996 - China: um homem mata sete alunos com facas e fere outros cinco em duas escolas de Meitian (província de Hunan, sul).

- 30 de março de 1997 - Iêmen: um homem dispara com um fuzil automático contra jovens de duas escolas mistas, nos arredores de Sanaa, deixando seis mortos (quatro crianças) e cerca de dez feridos. O agressor era contra escolas mistas.

- 1º de dezembro de 1997 - EUA: um jovem de 14 anos abre fogo em seu colégio, matando três colegas e ferindo outros cinco, em Paducah (Kentucky).

- 24 de março de 1998 - EUA: dois meninos de 12 anos disparam contra alunos e professores de uma escola de Jonesboro (Arkansas, sul), matando quatro meninas e uma professora.

- 20 de abril de 1999 - EUA: dois jovens, de 17 e 18 anos, armados com revólveres e mais de 30 bombas artesanais, abrem fogo em seu colégio, o Columbine, em Littleton (Colorado, oeste), matando 12 alunos e um professor antes de se suicidar.

- 28 de abril de 1999 - Canadá: um aluno morre e outro é ferido por um menino de 14 anos em um colégio de Taber (Alberta).

- 8 de junho de 2001 - Japão: um homem mata a punhaladas oito meninos em uma escola primária em Tóquio.

- 19 de fevereiro de 2002 - Alemanha: um jovem de 22 anos mata o diretor e fere gravemente outra pessoa de seu antigo instituto de formação profissional em Freising (sul), perto de Munique. Antes, havia assassinado dois executivos da empresa da qual havia sido demitido.

- 26 de abril de 2002 - Alemanha: 16 pessoas - 12 professores e 2 alunos - são assassinadas em um colégio de Erfurt, em Thuringe (leste), por um ex-aluno de 19 anos que se suicidou.

- 26 de novembro de 2002 - China: um homem apunhala até a morte quatro meninos e fere outros três em uma escola primária de Huaiji (província de Guangdong, sul).

- 28 de setembro de 2004 - Argentina: um menino de 15 anos mata três alunos e machuca cinco colegas de classe no colégio Carmen de Patagones (província de Buenos Aires, sul), com a arma de seu pai policial.

- 26 de novembro de 2004 - China: oito adolescentes morrem e quatro são feridos a bala nos dormitórios de um colégio de Ruzhou (província de Henan, centro). O agressor, de 21 anos, foi entregue por sua própria mãe depois de uma tentativa fracassada de suicídio.

- 21 de março de 2005 - EUA: Pelo menos nove pessoas são assassinadas e dez feridas a bala em um colégio de Red Lake, uma reserva indígena de Minnesota (norte), por um jovem que se suicidou em seguida.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host