UOL Notícias Notícias
 

20/09/2006 - 13h59

Dirigentes muçulmanos se manifestam contra o Papa na Cisjordânia

=(FOTOS)= HEBRON, Cisjordânia, 20 set (AFP) - Cerca de 200 dirigentes muçulmanos palestinos se manifestaram em Hebron nesta quarta-feira convocados pelo chefe dos tribunais religiosos palestinos, xeque Tayssir al-Tamimi, para exigir desculpas oficiais do Papa Bento XVI depois de seus comentário sobre o Islã.

Os manifestantes, vestidos com seus tradicionais trajes negros e turbantes brancos, desfilaram pelas ruas de Hebron e se dirigiram à Tumba dos Patriarcas, lugar santo venerado pelos muçulmanos e judeus, agitando exemplares do Corão.

"Condenamos as palavras do Papa Bento XVI, que atentam contra os muçulmanos e o Islã e pedimos desculpas formais", afirmou o xeque Tamimi.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host