UOL Notícias Notícias
 

26/10/2006 - 16h59

Muro fronteiriço com EUA é um "insulto" (Derbez)

MONTERREY, México, 26 out (AFP) - O muro de cerca de 1.200 km que os Estados Unidos decidiram construir na fronteira com o México é um "insulto" que deixa pendente o fenômeno da migração ilegal, disse nesta quinta-feira o chanceler Luis Ernesto Derbez, na cidade de Monterrey,

O gasto que os Estados Unidos terão para construir a obra (de 6 a 8 bilhões de dólares) "é uma absoluta bobagem que não resolve o problema e que, além disso, não vai servir para os americanos combaterem a insegurança", considerou Derbez.

Há anos o México pediu para os Estados Unidos criarem um acordo migratório para "ordenar" o fluxo de migrantes e regularizar os que já estão trabalhando nesse país, entre outros pontos, acrescentou.

Derbez afirmou esse acordo será assinado e, por isso, o muro é "inútil".

"O que eles (governo e deputados americanos) estão fazendo é pensar que a segurança pode ser obtida com um muro, mas o muro é inútil, o muro é não apenas desnecessário, insultante, mas também inútil porque chegaremos a um acordo", disse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h01

    1,26
    63.452,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host