UOL Notícias Notícias
 

19/01/2007 - 13h13

Jornalista turco de origem armênio assassinado em Istambul

=(FOTOS)= ISTAMBUL, 19 jan (AFP) - O jornalista turco de origem armênia Hrant Dink, várias vezes processado pela justiça turca e criticado violentamente pelos círculos nacionalistas, foi assassinado a tiros nesta sexta-feira em Istambul, informou à AFP uma fonte do jornal Agos, dirigido por Dink.

"Atiraram nele na frente do jornal, morreu", declarou aos prantos a funcionária do Agos, que não pôde dar outras informações.

Hrant Dink, 53 anos, era conhecido e respeitado na imprensa turca. Foi objeto de vários ações judiciais por suas declarações sobre os massacres de armênios cometidas durante o Império Otomano, que em diversas oportunidades qualificou de "genocídio", opinião que rendeu a hostilidade dos meios nacionalistas turcos.

De acordo com as emissoras de televisão, Dink recebeu dois tiros na cabeça e outros dois no corpo, tendo morte instantânea diante do prédio do jornal de língua armênia situado em Sisli, na parte européia de Istambul.

A polícia procura um homem jovem de 18 ou 19 anos que usa uma boina branca e um colete de vaqueiro, segundo o canal de notícias NTV.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h10

    0,12
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h15

    -0,49
    63.768,96
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host