UOL Notícias Notícias
 

25/01/2007 - 17h08

Vício em nicotina depende de uma área específica do cérebro

WASHINGTON, 25 jan (AFP) - Uma parte do cérebro denominada ínsula aparentemente estaria vinculada ao vício em nicotina, razão pela qual as pessoas que têm algum dano nesta área não sentem necessidade irresistível de fumar, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira nos Estados Unidos.

Os cientistas estudaram 69 pacientes que foram fumantes e sofreram danos cerebrais, 19 deles com lesões na ínsula, uma área que desempenha um papel chave nas emoções.

Neste grupo, 13 (68,4%) haviam parado de fumar e 12 conseguiram fazê-lo rápida e facilmente, sem nunca sentir vontade urgente de acender um cigarro depois, acrescentou o estudo que será publicado na edição de 26 de janeiro da revista especializada Science.

"Um dos problemas mais difíceis em toda forma de vício é deter a vontade irresistível de fumar, de comer ou de consumir uma droga", asseguraram os cientistas Antoine Bechara e Anna Damasio, da Universidade do Sul da Califórnia (oeste).

"Identificamos um novo alvo de pesquisa no cérebro", acrescentaram.

Embora pareça interessante, os medicamentos para tratar a ínsula, capazes de ajudar os fumantes a abandonarem o vício, não estão prontos, afirmaram. Mas a curto, possivelmente será possível estimar o sucesso das terapias atuais, medindo a atividade desta região do cérebro, avaliaram os cientistas.

Este estudo se inspirou no caso de um paciente que fumava dois maços de cigarro por dia antes de sofrer um dano na ínsula depois de um derrame cerebral. Ele parou de fumar imediatamente depois, e contou aos cientistas que simplesmente perdeu a vontade de fazê-lo.

A ínsula recebe informações que provêm de outras regiões do cérebro e parece desempenhar um papel importante para expressar diferentes sensações como fome, dor, vontade de fumar ou se drogar.

Em comparação com outras partes do cérebro, a ínsula não recebeu muita atenção das pesquisas sobre a dependência química. No entanto, outros estudos baseados em imagens do cérebro mostraram que esta área era estimulada por imagens de pessoas usando drogas ou objetos vinculados com o consumo de drogas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host