UOL Notícias Notícias
 

29/01/2007 - 22h33

Terapia combinada reduz o câncer de mama em ratos de laboratório (estudo)

WASHINGTON, 29 jan (AFP) - Uma terapia que combina um remédio anticancerígeno e uma substância que neutraliza um hormônio reduziu nitidamente o câncer de mama em ratos, suprimindo totalmente o tumor em alguns casos, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira nos Estados Unidos nos Anais da Academia Americana de Ciências.

Os autores do estudo, entre eles Andrew Schally, do centro médico do sul da Flórida, desenvolveram uma substância chamada JMR-132, que neutraliza o hormônio de crescimento celular GHRH.

Aparentemente, o GHRH desempenha um papel chave no crescimento dos tumores.

Utilizado sozinho, o JMR-132 permitiu reduzir o volume dos cânceres de mama nos ratos estudados em 63% em média, depois de três semanas, enquanto o anticancerígeno docetaxel provocou uma diminuição média de 74% no mesmo período.

Mas o coquetel JMR-132/docetaxel provocou uma redução média de 97% dos tumores depois de três semanas, afirmaram os pesquisadores. O tumor cancerígeno desapareceu totalmente em alguns ratos tratados com o coquetel.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h40

    -0,27
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h45

    1,42
    62.547,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host