UOL Notícias Notícias
 

05/02/2007 - 18h53

França reforça vigilância para a gripe aviária

PARIS, 5 fev (AFP) - A França decidiu reforçar as medidas de vigilância e proteção de aves para o vírus H5N1 da gripe das aves, informou nesta segunda-feira o Ministério da Agricultura em um comunicado.

Esta decisão, que será oficializada em decreto, ocorre após a recomendação da Agência francesa de Segurança Alimentar de Alimentos (AFSSA), publicada pouco antes, acrescentou o ministério.

O primeiro-ministro francês, Dominique de Villepin, reunirá na terça-feira os ministros envolvidos "para definir o dispositivo que será instalado nos próximos dias", acrescentou o ministério da Agricultura.

A decisão francesa ocorre enquanto a Grã-Bretanha realizava a incineração de milhares de perus de uma granja, onde foi descoberta a perigosa cepa H5N1.

A AFSSA aconselhou aumentar as medidas de vigilância e passar do nível de risco "negligenciável 2" a "débil".

Existem seis níveis de avaliação das medidas de vigilância e proteção das aves domésticas: negligenciável 1, negligenciável 2, débil, moderado, elevado e muito elevado.

O ministro da Agricultura, Dominique Bussereau, lembrou no comunicado que "as medidas de vigilância e de proteção já implementadas mostraram a ausência do vírus H5N1 no território francês desde abril de 2006".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host