UOL Notícias Notícias
 

12/02/2007 - 20h06

Vacina antigripal reduziria gravidade da gripe aviária

WASHINGTON, 12 fev (AFP) - A vacina contra a gripe pode reduzir a gravidade da gripe aviária, de acordo com um estudo feito em 38 pessoas e ratos, cujos resultados foram publicados nesta segunda-feira nos Estados Unidos.

O vírus H5N1, responsável pela gripe aviária, é diferente do H1N1 e do H3N2, aos quais a maioria das pessoas está exposta e contra os quais são gerados anticorpos, destacam os pesquisadores do trabalho publicado na revista PLoS Medicine (www.plosmedicine.org), na edição datada de 12 de fevereiro.

O H e o N se referem a dois componentes do vírus da gripe, as proteínas hemaglutinina e neuraminidase.

O professor Richard Webby e seus colegas do Hospital Infantil St. Jude, em Memphis (Tennessee, sul), analisaram se as vacinas desenvolvidas para proteger contra a cepa N1 da gripe também poderiam dar proteção contra o vírus H5N1.

O organismo da maioria dos ratos que foram imunizados com DNA produziu a proteína neuraminidase, a partir de um vírus H1N1, e gerou anticorpos capazes de reconhecer a proteína N1. Todos os ratos vacinados foram capazes de sobreviver a vários tipos de gripe humana fabricada pelos médicos.

Metade destes animais também sobreviveu a uma versão mais fraca do vírus H5N1.

A maior parte das amostras sanguíneas humanas se mostrava ativa contra a proteína N1 do vírus H1N1, e oito ou nove (do total de 38) conseguiram neutralizar a proteína neuraminidase dos dois vírus H5N1, constataram os cientistas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), desde seu surgimento no final de 2003 na Ásia, a gripe aviária já matou 106 pessoas.

Ainda não foi registrado um caso de transmissão humana direta, mas as autoridades sanitárias mundiais estimam que o vírus se encontra em constante mutação e, algum dia, vai adquirir capacidade de ser transmitido entre seres humanos. Tal mudança provocará, muito provavelmente, uma pandemia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host