UOL Notícias Notícias
 

16/02/2007 - 18h40

Britânica tentará ser a primeira mulher a fazer travessia solo rumo ao Pólo

Norte LONDRES, 16 fev (AFP) - Uma exploradora britânica deixou Londres com destino a Toronto, no Canadá, nesta sexta-feira, às vésperas de sua tentativa de se tornar a primeira mulher a fazer uma travessia solo rumo ao Pólo Norte.

Em 4 de março, Rosie Stancer, de 47 anos, tentará puxar dois trenós da Ilha Ward Hunt, no extremo norte do Canadá, a 770 km do congelado Oceano Ártico, rumo ao Pólo Norte, numa travessia que deverá levar 60 dias.

A exploradora precisará consumir quatro litros de líquidos e quase 6.000 calorias por dia enquanto caminhar, escalar e nadar rumo ao Pólo Norte geográfico.

Se for bem sucedida, ela baterá um recorde duplo, pois se tornará a primeira mulher a fazer travessias solo para os dois pólos. Em 2003-2004, Stancer fez uma travessia solo, em esquis e sem reabastecimento para o Pólo Sul.

Antes do embarque, no aeroporto londrino de Heatrhow, a exploradora disse se sentir "muito animada, determinada e preparada" para o desafio.

"Estou com grande expectativa na parte psicológica. Estar sozinha é parte do desafio, da aventura, porque (trata-se de uma superação) física, bem como psicológica e espiritual, e se está muito mais perto da natureza", acrescentou.

O príncipe Charles, da Grã-Bretanha, é o patrono da expedição de Stancer. O herdeiro do trono doou doces de sua propriedade em Highgrove para ajudá-la a concluir o desafio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host