UOL Notícias Notícias
 

06/03/2007 - 14h07

Polícia investiga morte suspeita de jornalista na Rússia

MOSCOU, 5 mar (AFP) - A promotoria russa abriu uma investigação sobre o possível suicídio de um jornalista que morreu ao cair de uma janela do quinto andar de um prédio em Moscou, informou a agência de notícias Ria Novosti nesta terça-feira.

A polícia acredita que a morte do jornalista, Ivan Safronov, coronel reformado que escrevia sobre armamentos e espaço para o jornal econômico Kommersant, ocorreu por suicídio ou acidente.

Mas o editor do jornal, Andrei Vasiliyev, descartou essas hipósteses.

De acordo com o Kommersant, duas estudantes ouviram o barulho de um corpo caindo, viram Safronov estatelado na neve e chamaram uma ambulância, que se negou a fazer o atendimento porque "não tinha tempo para ficar pegando bêbados".

As duas estudantes disseram não ter ouvido sons de briga nem viram ninguém deixando o lugar depois da queda. Antes de morrer, o repórter visitou seu médico, que negou que houvesse qualquer tipo de problema que pudesse levar Safronov ao suicídio.

Os parentes acreditam na possibilidade de um assassinato, informou o Kommersant.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host