UOL Notícias Notícias
 

13/03/2007 - 17h06

Dois feridos a tiros no local da reunião de deputados destituídos no Equador

=(FOTOS)= QUITO, 13 mar (AFP) - Duas pessoas ficaram feridas nesta terça-feira a tiros disparados por uma pessoa não identificada nas proximidades de um hotel de Quito, onde está reunida a maior parte dos 57 deputados equatorianos destituídos pela corte eleitoral, constatou a AFP.

Cerca de seis disparos foram feitos contra dezenas de simpatizantes dos legisladores que aguardam em frente ao hotel os resultados da reunião, na qual são discutidos por estes políticos mecanismos contra a destituição imposta pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), considerada ilegal.

Os tiros deixaram duas pessoas feridas nas pernas e provocou um tumulto entre as pessoas, incluindo os seguranças dos parlamentares que sacaram suas armas, enquanto que uma mulher entrou em estado de choque.

Ninguém foi detido.

Confrontos anteriores entre manifestantes pró-governo e simpatizantes dos parlamentares destituídos, que ocorreram no Congresso, também deixaram vários feridos, entre eles dois deputados.

O Equador enfrenta uma crise política gerada por uma disputa entre o Congresso, de maioria opositora, (com 100 assentos) e o TSE em torno da convocação de uma nova Assembléia Constituinte, apoiada pelo presidente Rafael Correa, para que esta elabore uma nova Constituição.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host