UOL Notícias Notícias
 

16/03/2007 - 16h37

Cuba realiza recorde de transplantes de córnea em 2006

HAVANA, 16 mar (AFP) - Cuba fez 450 transplantes de córnea em 2006, um número recorde que conseguiu graças ao aumento no número de doações e da existência na ilha, há seis anos, de uma rede nacional de coordenação desta atividade, segundo especialistas locais.

A existência em Cuba, desde 2001, de uma rede nacional de coordenação de transplantes de córnea permitiu chegar ao recorde de 450 cirurgias deste tipo em 2006, e nos primeiros meses de 2007 este número é de 85, destacou a chefe do Serviço de Córnea do Instituto Nacional de Oftalmologia de Havana, Elizabeth Escalona, citada pelo jornal Juventud Rebelde.

Escalona informou que "os transplantes de córnea podem ter três fins: ótico, quando se tenta devolver a visão ao receptor; terapêutico, para salvar o globo ocular ou manter sua integridade até futuras intervenções, e estético".

O jornal destacou que o alto número de cirurgias foi possível devido ao aumento do número de doadores, graças à sensibilidade dos parentes dos falecidos, destacando que o objetivo da rede é identificar doadores e eleger os beneficiários dos transplantes.

Outra especialista citada pelo jornal, Silvia María López, destacou que nos últimos anos, "mais de 90% dos transplantes com fins óticos" que se realizam na ilha "foram bem sucedidos".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    -0,23
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h52

    -0,20
    75.837,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host