UOL Notícias Notícias
 

20/03/2007 - 16h14

Um ano após fracasso, SpaceX tentará o segundo lançamento de seu foguete

Falcon 1 WASHINGTON, 20 mar (AFP) - Quase um ano depois do fracasso de sua primeira tentativa, a Space Exploration Technologies (SpaceX) vai tentar nesta terça-feira um segundo lançamento de seu foguete Falcon 1, informou a sociedade privada americana de lançamento de satélites.

Inicialmente prevista para a noite de segunda-feira, esta nova tentativa foi anulada no último minuto em função de um problema de informática no sistema de lançamento a partir do solo, precisou o PDG da SpaceX, Elon Musk.

"Todos os sistemas estão agora prontos para serem testados às 23H00 GMT (20H00 no horário de Brasília) desta terça-feira" num período de quatro horas, acrescentou a fonte, em um site da sociedade baseado em El Segundo, na Califórnia (oeste).

O Falcon 1 será lançado da base militar americana de Kwajalein, nas ilhas Marshall (oceano Pacífico), com duas cargas experimentais a bordo. A janela de lançamento vai até 22 de março.

Esta operação de lançamento é financiada pela agência de pesquisa do Ministério americano da Defesa (Defense Advanced Research Agency/DARPA).

Um vazamento de combustível, seguido de um incêndio, causou o fracasso do primeiro lançamento do foguete Falcon 1, no dia 28 de março de 2006, e a perda do pequeno satélite FalconSat-2 que ele havia colocado em órbita.

Com um custo de 750.000 dólares e pesando 19,3 kg, o FalconSat-2 pertencia ao departamento americano da Defesa. Este satélite devia observar as perturbações atmosféricas das telecomunicações e do sistema de posicionamento por satélite (GPS).

O Falcon 1 é um pequeno lançador de dois andares de 21 metros de altura concebido pela SpaceX, sociedade fundada em 2002 pelo milionário da internet Elon Musk.

Este foguete foi construído para colocar pequenos satélites em órbita baixa, podendo pesar até 570 quilos. O foguete é impulsionado por um motor alimentado por oxigênio líquido e querosene.

Ao criar o SpaceX, Elon Musk pretendia tornar o preço dos lançamentos de satélites mais acessível. Por isso, um lançamento de um foguete Falcon 1 sai por 6,7 milhões de dólares, ou seja, cerca de um terço do preço de mercado.

A SpaceX também quer testar posteriormente o Falcon 9, um lançador de maior capacidade.

Em 2002, o empresário vendeu sua empresa de regulação eletrônica PayPal à eBay por 1,5 bilhão de dólares.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host