UOL Notícias Notícias
 

05/04/2007 - 18h39

Mamografia por computador leva a mais biópsias inúteis

WASHINGTON, 5 abr (AFP) - A mamografia computadorizada não é mais eficaz para detectar um câncer de mama precoce do que a mamografia simples, e leva a mais resultados positivos errados, aumentando a quantidade de biópsias inúteis, de acordo com um estudo divulgado nesta quinta-feira.

"A utilização de um computador para uma mamografia está ligado a mais erros de interpretação", concluíram os autores de uma pesquisa que analisou 429.345 mamografias entre 1998 e 2002 em 43 centros médicos dos Estados Unidos, que permitiram detectar 2.351 casos de câncer.

Segundo o estudo - o mais amplo até hoje comparando os dois sistemas, e publicado na revista especializada New England Journal of Medicine -, a mamografia assistida por computador permitiu detectar 4,20 cânceres a cada mil mulheres examinadas, contra 4,15 cânceres com o método clássico.

Mas as mamografias CAD (computer-aided detection) levaram a 20% a mais de biópsias que se mostraram negativas.

Estes resultados "são um revés importante para esta tecnologia (...) e vão surpreender e decepcionar os médicos", comentou o doutor Ferris Hall, do Centro Médico Beth Israel Deaconess em um editorial que acompanha o estudo.

Estes equipamentos, que custam cerca de 150.000 dólares, são fabricados pelas firmas R2 Technology Inc., Kodak e iCAD Inc.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host