UOL Notícias Notícias
 

16/04/2007 - 17h35

Unesco adverte para o risco que correm as Ilhas Galápagos

PARIS, 16 abr (AFP) - A Unesco alertou nesta segunda-feira para o risco que correm o Parque Nacional de Galápagos e sua Reserva Marinha no Equador, embora tenha elogiado as ambiciosas medidas anunciadas pelas autoridades de Quito para preservar este local, incluído na Lista do Patrimônio Mundial da entidade.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, as causas desta situação "são uma crescente invasão de espécies de animais e plantas não-nativas, um aumento da população e da imigração ilegal, um aumento do turismo descontrolado e o fracasso de várias instituições e organismos na gestão da situação".

Uma missão da Unesco viajou recentemente para as ilhas Galápagos e suas conclusões serão apresentadas na próxima reunião do Comitê do Patrimônio Mundial, que será celebrada em Christchurch (Nova Zelândia), entre 23 de junho e 2 de julho.

Os membros da missão se reuniram com autoridades ambientais e do turismo do Equador e receberam "com agrado as firmes medidas" tomadas pelo presidente Rafael Correa, que começarão a ser implantadas na região nas próximas duas semanas.

Situado a 1.000 km da costa equatoriana, o arquipélago foi declarado em estado de emergência pelo governo de Quito na semana passada, quando se anunciaram restrições de vôos, turismo e permissões de residência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host