UOL Notícias Notícias
 

22/04/2007 - 17h48

Três candidatas de esquerda pedem voto para Ségolène Royal no segundo turno

PARÍS, 22 abr (AFP) - As candidatas à presidência da França pelo Partido Comunista, Luta Operária (trotskista) e dos Verdes pediram votos no segundo turno à socialista Ségolène Royal.

"Peço sem hesitar a todos os homens e mulheres de esquerda, a todas e todos os democratas que votem e façam votar no dia 6 maio em Ségolène Royal", declarou a comunista Marie-George Buffet, que recebeu entre 1,9% e 2% dos votos, o pior resultado da história do Partido Comunista francês.

Ela disse considerar o conservador Nicolas Sarkozy um homem perigoso, que pode reproduzir as teses da Frente Nacional (FN, extrema-direita). Ao mesmo, se disse consciente das "insuficiências e ambigüidades do programa da candidata socialista".

A candidata da Luta Operária, Arlette Laguiller, com 1,5% dos votos, fez uma consideração similar.

"Diante de Nicolas Sarkozy, que recolheu grande parte das idéias de Jean-Marie Le Pen, especialmente sobre a imigração, e ante sua arrogância, eu votarei em Ségolène Royal e peço aos que acreditam em mim e ao conjunto dos eleitores que votem em Ségolène Royal", disse.

A candidata dos Verdes, Dominique Voynet, também abaixo dos 2%, disse que votará em Royal, mas se considera "vítima" do "voto útil" defendido pelo Partido Socialista.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host