UOL Notícias Notícias
 

24/04/2007 - 17h01

Grupo separatista assume ataque a campo de petróleo na Etiópia

ADDIS ABEBA, 24 Abr (AFP) - A Frente de Libertação Nacional Ogaden (ONLF) reivindicou nesta terça-feira o ataque contra um campo de petróleo no leste da Etiópia, em que morreram nove chineses e 65 civis etíopes, através de um comunicado publicado em seu site na internet.

"Antes do amanhecer, às 04H30 hora local em Ogaden, o comando 'Dufaan' da ONLF conduziu uma operação militar em Obala, 30 km ao noroeste de Degah-Bur, no norte de Ogaden", afirmou o texto.

"A operação tinha como objetivo três unidades militares da Frente de Liberação do Povoado de Tigray (TPLF) que cuidava de um campo de exploração de petróleo", declarou o grupo armado.

As unidades militares "foram totalmente eliminadas, vários (soldados) se renderam aos comandos da ONLF e a instalação foi completamente destruída", acrescentou a nota.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host